Casa Manuel Teixeira Gomes preparou sugestivas propostas culturais para dezembro

Para encerrar 2022 em grande, a Casa Manuel Teixeira Gomes preparou uma programação dominada por momentos musicais e por exposições de pintores portimonenses, pertencendo o grande destaque de dezembro à conferência-debate “Teixeira Gomes – A Guerra e a Paz” a cargo do professor catedrático Nuno Severiano Teixeira.

A primeira exposição, intitulada “Entre.linhas”, estará patente de dia 2 de dezembro   até 27 de janeiro de 2023, reunindo quadros de Rita Cosma, nascida em Portimão, onde iniciou o seu percurso nas artes.

Licenciada em Artes Visuais pela Universidade do Algarve, a pintora apresenta um conjunto de obras que tratam o tema de “conexões” físicas e/ou mentais, representadas por linhas, de cores e dimensões diferentes, que ligam dois elementos, (imaginários ou não), objetos, pessoas, lugares ou sentimentos, cada um correspondente a um nó/laçada. 

A ideia de Rita Cosma é atribuir forma física a uma ligação ou sentimento não visível, iniciando-se a sequência das suas pinturas com a exposição e reconhecimento da existência de conexões, onde primeiro as linhas que as representam não se misturam com as mãos que apenas as suportam. Mais adiante, por ordem, as linhas interagem com as mãos e tornam-se parte do indivíduo envolvendo-se completamente em torno dos dedos, mãos e pulso.

Na mesma data, a partir das 17h00, os jovens estudantes de música do Curso Profissional de Instrumentistas de Cordas e de Tecla, do Agrupamento de Escolas da Bemposta terão a sua atuação natalícia.

No dia seguinte, 3 de dezembro, será inaugurada às 16h00 a exposição de João Sena “XXV”, com a qual o artista comemora 25 anos de pinturas.

Patente até 27 de janeiro próximo, a mostra reúne obras do pintor, nascido na cidade de Portimão em 1972, e que desde muito cedo sentiu um grande interesse por várias manifestações artísticas, particularmente pela pintura.

João Sena estudou e investigou várias técnicas e estilos com diversos materiais, como óleo, acrílico, pastel e carvão, entre outros, revelando nos seus quadros um grande fascínio pelo surrealismo de Salvador Dalí e uma obsessão em aperfeiçoar um estilo de técnicas de pinturas próprias.

Ao descobrir a vasta fantasia e intensidade presente na arte, o artista entrega a quem observa os seus trabalhos a possibilidade de entrar num mundo novo e de se integrar nos cenários de uma história, “talvez uma nova forma de ver um universo diferente, convertendo sonhos em realidade”, conforme afirma.

Para as 17h00 de 7 de dezembro foi agendado o concerto “Cantar ao Menino”, onde o Grupo Coral de Portimão interpretará músicas tradicionais e populares, no âmbito das comemorações do Dia da Cidade de Portimão.

Ponto alto do programa de dezembro, a conferência-debate “Teixeira Gomes – A Guerra e a Paz”, a cargo do professor catedrático Nuno Severiano Teixeira, terá início às 18h30 do dia 9 de dezembro, fazendo igualmente parte da programação relativa ao Dia da Cidade.

Nuno Severiano Teixeira é confesso admirador da obra literária de Manuel Teixeira Gomes e propõe-se abordar na conferência o relevante papel do então ministro plenipotenciário de Portugal em Londres (aquando da entrada do país na Grande Guerra 1914-1918), que chegou a vice-presidente da assembleia-geral da Sociedade das Nações, antecessora da ONU.

Professor catedrático e vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa, o conferencista também é diretor do Instituto Português de Relações Internacionais.

Segue-se a 17 de dezembro, pelas 18h00, um concerto inspirado pelo gosto musical de Manuel Teixeira Gomes, intitulado “Manuel Teixeira Gomes e a música que lhe dava paz”, pela pianista Laura Quaresma e por Bárbara Santos, violoncelista.   

Na ocasião vão ser interpretadas obras de B. Marcello, Bridge, F. Mendelssohn, Rachmaninov, F. Schubert, F. Chopin, E. Bloch, Glazunov, Fauré.

Por fim, o dia 19 de dezembro voltará a ser dedicado na Casa Manuel Teixeira Gomes à música inspirada na quadra festiva, quando elementos ligados ao Glória ou Morte Futebol Clube Portimonense protagonizarem o momento “Vozes do Glória cantam o Natal”, marcado para as 18h00.