Tertúlia “Os Jovens Filarmónicos no Ensino Superior de Música”

Jovens filarmónicos no Ensino Superior de Música

A frequência do Ensino Superior de Música por parte de jovens provenientes das filarmónicas dá o

mote para a segunda tertúlia do ciclo que a Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva promove

desde o corrente ano.

O tema, escolhido devido à pertinência que tem na vida presente das filarmónicas, coletividades que

desde o início do século e, sobretudo, ao longo da última década, têm visto aumentar a qualidade

das suas formações musicais devido ao crescente número de jovens das suas fileiras prosseguirem

estudos superiores na área da música, procede da ambição de seis praticantes de quatro bandas

filarmónicas do Algarve em singrarem como músicos profissionais.

A presença de cada vez mais jovens oriundos de bandas filarmónicas no ensino superior, tanto na

variante de performance (instrumental) como na de ensino, vulgarizou-se em Portugal, realidade

que é comum à maioria dos conservatórios de música e escolas oficiais e não oficiais dirigidas por

associações filarmónicas.

Estes jovens, quatro rapazes e duas raparigas, irão partilhar os seus trajetos pessoais até ao esperado

ingresso na Universidade, as expectativas do que vão encontrar lá e os anseios característicos de uma carreira no mundo da música, entre outros aspetos inerentes às suas aprendizagens e experiências nos meandros da filarmonia. De entrada livre, a tertúlia tem lugar no dia 5 de novembro na Sede da Artistas de Minerva, rua Serradinho n.o 7 – Loulé, pelas 16:00 horas. A moderação está a cargo de Vanessa Alves, licenciada em Línguas e Comunicação pela Universidade do Algarve e uma das vozes da Fatacil.