Novo sistema de supercomputação para o IPMA

O Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, e o Secretário de Estado do Mar, José Maria Costa, inauguram, a 20 de janeiro, 6ª feira, o novo Sistema de Modelação Oceano Atmosfera de Alta Resolução Espacial e Temporal – “Atlântico”. Este sistema, financiado pelo PRR, permite, desde já, multiplicar por 20 a capacidade computacional do IPMA, melhorando significativamente a qualidade das previsões dos modelos utilizados para a emissão de avisos meteorológicos, nas previsões para a meteorologia marítima, no suporte à meteorologia aeronáutica, nos índices meteorológicos de risco de incêndio bem como em muitos outros setores.

O novo sistema financiado pela componente C10 – Mar do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), envolvendo um investimento superior a um milhão de euros, irá permitir aumentar em mais de 20 vezes a capacidade computacional do IPMA, com foco no Sistema de Modelação Oceano-Atmosfera, com alta resolução espacial e temporal. 

O sistema de supercomputação concebido com as mais recentes tecnologias permitirá aumentar a resolução dos modelos numéricos de previsão do tempo, a sua velocidade de execução e área geográfica coberta. Vai permitir melhor integração com os modelos globais, tanto no que diz respeito ao mar como no que se refere à atmosfera, e beneficiará do aumento da cobertura permitida pelos novos sensores e sistemas, possibilitando o alargamento do domínio geográfico operacional que passará a englobar Portugal Continental, área Atlântica adjacente e Arquipélago da Madeira, o que representa a zona atlântica de responsabilidade nacional. 

O impacto será imediato, com benefícios na melhoria da qualidade das previsões dos modelos utilizados para a emissão de avisos meteorológicos, nas previsões para a meteorologia marítima, no suporte à meteorologia aeronáutica, nos índices meteorológicos de risco de incêndio ou em muitos outros setores da atividade socioeconómica, aumentando a capacidade na salvaguarda de vidas e bens, essencial num cenário de mudança climática, bem como facilitar a participação nacional no desenvolvimento dos digital twins do sistema terrestre.
    
O IPMA é a autoridade nacional nos domínios da meteorologia, do clima, da sismologia e do geomagnetismo, sendo responsável pelo conjunto de investimentos que integram o Polo Oeiras Mar do Hub Azul – Rede de Infraestruturas para a Economia Azul.