Painel de azulejos valoriza o espaço público e contribui para a preservação da memória coletiva de Albufeira

No passado dia 20 de dezembro, o Município de Albufeira procedeu à instalação do painel “Al – Buhera”, uma obra de grandes dimensões, com aproximadamente 13×1,80m e um total de 901 azulejos, na zona do Rossio, uma criação da artista Célia Mendes.

“A paisagem, a cultura e o património de Albufeira são elementos diferenciadores da oferta turística do concelho que devem ser preservados e valorizados. Esta é uma das muitas formas de o fazer, perpetuando a memória e a vivência de outros tempos, transmitindo-a às atuais e às futuras gerações de albufeirenses, sem esquecer os inúmeros turistas que visitam a região”, sublinha José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira.

O painel reproduz o voo de uma gaivota sobre “Al-Buhera” (o Castelo do Mar), observando os aspetos mais marcantes da cidade, nomeadamente a linda baía de Albufeira, onde as embarcações de outrora recolhiam os produtos endógenos do concelho (o figo, a amêndoa e a alfarroba); a Praia dos Pescadores com os pescadores a trabalharem as artes de pesca; a ancestral arte da moagem, com o moinho de vento do Cerro do Malpique, onde se esmagam as sementes para fazer a farinha; as platibandas; o azulejo de padrão de Albufeira; o casario do núcleo antigo da cidade; a Praia do Peneco; o frontão da Igreja de Sant`Ana e o casario típico da zona do Rossio.

Ricardo Clemente, vereador com o pelouro dos Espaços Exteriores e Requalificação, sublinha que o objetivo da intervenção consiste “em valorizar o espaço público, embelezando-o com elementos que façam referência à história e à cultura das nossas gentes”. O autarca destaca, também, que o Executivo está empenhado em tornar o espaço público mais atrativo, sem perder a memória cultural e histórica que deve estar presente em cada elemento retratado”. Refere, ainda, que o trabalho está a ser levado a cabo por uma vasta equipa de técnicos da autarquia com recurso a artistas da região.