Milhares rumaram a Quarteira para celebrar ano novo

Animação, boa disposição, muita música e convívio foram os ingredientes principais da festa de Passagem de Ano na cidade de Quarteira, evento que constituiu, uma vez mais, um dos mais importantes réveillons do país.

Este ano num novo espaço – o Passeio das Dunas – e num modelo diferente, com um programa de quatro dias e não apenas uma noite, entre os dias 28 e 31 de dezembro foram muitos os que escolheram este espaço à beira-mar para dar as boas-vindas a 2023.

A aposta na prata da casa marcou este programa, com Marc Noah, Hybrid Theory The Linkin Park Tribute e a atuação de grupos de dança locais a encheram o palco (e a plateia) por estes dias. Mas foi o concerto da noite da Passagem de Ano, com os consagrados Expensive Soul e a atuação do DJ Christian F, que levou uma verdadeira enchente a este espaço pedonal junto à praia, na renovada ligação entre Quarteira e Vilamoura. A energia em palco dos elementos da banda de Leça da Palmeira contagiou os espectadores em temas como “O Amor é Mágico”, “Eu não sei” ou “Que Saudade”. Ao eclodir das 12 badaladas a anunciar a chegada de 2023, milhares de pessoas puderam assistir a um espetáculo de fogo de artifício que brilhou no céu de Quarteira mas que foi visível também noutros pontos do concelho. O entusiasmo do público não esmoreceu ao longo da noite até porque o Christian F cumpriu a missão de animar o recinto através do seu DJ set.

De referir ainda que também o desporto esteve em destaque com a icónica corrida de S. Silvestre, no dia 28, que este ano bateu um novo recorde: mais de 1600 participantes a percorreram as avenidas da cidade numa prova que já faz parte do calendário nacional.

“Estamos bastante satisfeitos com o sucesso destes dias de uma programação que visou, fundamentalmente, dar aos nossos visitantes que rumaram a sul para umas miniférias propostas diversificadas de animação, sem nunca esquecer a população residente. Mas esta foi também uma iniciativa direcionada para a promoção da economia local, seja em termos de comércio, de hotelaria ou de restauração, e também aí podemos dizer que o balanço é muito positivo”, consideram os responsáveis do Município de Loulé.

Esta iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Loulé e contou com o apoio da Junta de Freguesia de Quarteira.