Regulamento das Hortas Urbanas em Tavira assinado pelos hortelãos

No âmbito da parceria associada ao “Projeto Semente”, apoiado pelo Programa Bairros Saudáveis (projeto nº194), decorreu no passado dia 21 de novembro uma sessão de partilha e divulgação dos resultados alcançados com a implementação de duas hortas urbanas em Tavira.

Para este efeito, realizou-se nesse dia uma primeira visita à Horta Figueira, situada junto às Piscinas Municipais, a que se seguiu a Horta Amendoeira, no espaço da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) cedido para o efeito, tendo esta sessão culminado num momento de partilha, nas instalações da sede do CEAT, onde as entidades que patrocinaram e protagonizaram esta iniciativa usaram da palavra para partilhar as suas visões sobre o programa Bairros Saudáveis, o Projeto Semente e as experiências e resultados alcançados.

Foi dado particular destaque à participação e testemunhos dos hortelãos, que foram os protagonistas principais do Projeto Semente e que foram convidados a partilhar a sua experiência sobre o caminho percorrido e o que representa para cada um fazer parte deste processo produtivo comunitário, tornado possível com a instalação destas hortas Comunitárias, que seguirão as práticas da Agricultura Biológica e apelam à promoção da literacia e autodeterminação alimentar, bem como à importância dos circuitos curtos agroalimentares.

Pelas 17:30h teve lugar o momento de assinatura pelos hortelãos do regulamento das Hortas Urbanas de Tavira, sendo que a Horta instalada no CEAT dispõe de 36 talhões trabalhados pelos hortelãos, mais um talhão experimental.