Vila Real Sto. António lança nova campanha para combater dejetos caninos

O município de Vila Real de Santo António lança, esta semana, uma nova campanha de sensibilização que apela a todos os portadores de animais de estimação para a importância da correta recolha dos dejetos do seu cão ou gato, alertando para as consequências que as más práticas cívicas acarretam.

A mensagem utilizada na campanha mostra os incómodos e situações caricatas que podem acontecer a quem circula na via pública – caso os donos não apanhem os dejetos dos seus animais -, recriando situações do quotidiano, já experienciadas por todos.

Os spots e os materiais de comunicação assentam em imagens fortes e repulsivas que pretendem sensibilizar para a importância de apanhar sempre os dejetos animais, de forma a promover a harmonia na convivência, no espaço público, entre animais e munícipes.

O propósito é mostrar aos portadores de animais de estimação que as suas más condutas constituem um problema de saúde pública e que os dejetos deixados nos passeios e jardins sujam um espaço que é de todos.

Por outro lado, recorda-se que um gesto simples como proceder à remoção dos dejetos caninos com o auxílio de um saco, que deve ser depositado, devidamente atado, num contentor ou papeleira, faz toda a diferença.

Coimas de 25 a 7 mil euros

Além da vertente informativa, a campanha comunica a obrigatoriedade e responsabilidade dos donos na remoção dos dejetos caninos da via pública, relembrando que se não o fizerem estão sujeitos ao pagamento de coimas previstas no Regulamento Municipal de Resíduos e Limpeza Urbana do concelho de VRSA, cujos valores começam nos 25 euros e podem ultrapassar os 7 mil euros.

A campanha será lançada, numa primeira fase, nas redes socais, na página web do Município e na rede de mupis e outdoors do concelho. Posteriormente, serão afixados cartazes nos edifícios e serviços municipais, Juntas de Freguesia, Centros de Saúde e escolas do concelho.

As ações a desenvolver contemplam ainda a colocação de painéis informativos nos jardins, espaços verdes e locais onde se têm registado mais reclamações, bem como a distribuição de um folheto pelas caixas de correio.

Simultaneamente, a autarquia irá apostar na limpeza mais eficiente dos dejetos caninos em todas as freguesias, apelando, em simultâneo, à colaboração de todos os munícipes no sentido de manter as ruas e espaços verdes mais limpos.

Um problema de saúde pública

A não recolha dos dejetos caninos é um comportamento que coloca em perigo a saúde pública e a higiene dos espaços coletivos. Além dos maus odores, da sujidade e da questão visual, podem ser geradores de doenças graves para a população e para os próprios animais.

Desta forma, a campanha apela à responsabilidade individual de cada um, lembrando que os utilizadores dos espaços públicos podem também ter um papel mais ativo, exigindo que os donos dos animais de estimação tenham um comportamento cívico e responsável.

Com estas medidas, a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António pretende aumentar os níveis de higiene urbana do concelho, tornando-o mais sustentável e com melhor qualidade de vida. A campanha é desenvolvida em parceria com a empresa EcoAmbiente, responsável pela limpeza e recolha de RSU no concelho de VRSA.