Núcleo de apoio aos sem-abrigo de Albufeira proporciona experiências positivas aos seus utentes

O Município de Albufeira está a promover um conjunto de ações com vista a proporcionar experiências positivas a pessoas em situação de sem-abrigo, com vista ao desenvolvimento da sua autoestima. Estas ações são levadas a cabo pelo NPISA – Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo de Albufeira, criado no âmbito da “Rede Social de Albufeira”, a 16 de novembro de 2020. Na altura foi celebrado um protocolo de parceria entre 14 entidades de âmbito concelhio e regional (Município de Albufeira, Instituto de Segurança Social/Centro Distrital de Faro, Associação Humanitária Solidariedade Albufeira – Bombeiros Voluntários de Albufeira, C.A.S.A. – Centro de Apoio ao Sem Abrigo – delegação de Albufeira, Cruz Vermelha Portuguesa – Centro Humanitário de Silves – Albufeira, Grupo de Ajuda a Toxicodependentes – GATO, Instituto do Emprego e Formação Profissional – Centro de emprego de Loulé, Fundação António Silva Leal, Guarda Nacional Republicana – SPE, Santa Casa da Misericórdia de Albufeira e Juntas de Freguesia de Ferreiras, Albufeira e Olhos de Água, Guia e Paderne), com o objetivo de se unirem para dar uma resposta mais adequada e concertada às pessoas em condição de sem-abrigo no concelho de Albufeira, sendo a sua coordenação assumida pela Câmara Municipal.

Algumas dessas atividades fizeram parte da celebração do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, a qual contou com duas atividades: uma no dia 13 de outubro, e outra no dia comemorativo, ou seja, no passado dia 17. A primeira consistiu numa visita ao Zoomarine, à qual aderiram 16 pessoas, que se fizeram acompanhar por quatro técnicos do NPISA. No decorrer do dia e ao almoço, os participantes contaram com a presença da coordenadora do NPISA – Albufeira, a vereadora da Ação Social, Cláudia Guedelha, num momento de convivo e partilha, entre técnicos, coordenadora e utentes. Esta visita ao Zoomarine, deu-lhes a oportunidade de andar nos vários divertimentos do parque, assistir a espetáculos e de participar numa atividade educativa com dois biólogos, com o objetivo de sensibilizá-los para a problemática ambiental. “Estas, são pessoas em quem a vida bateu, mas o que importa agora é o rumo do amanhã, é o olhar para a frente e não para trás. São pessoas interessadas e interessantes, que se mostraram muito preocupadas com questões ambientais e apresentaram um grande interesse nas dinâmicas de grupo”, refere a coordenadora. Por outro lado, diz Cláudia Guedelha, “queremos também sensibilizar a comunidade em geral, para a importância de um posicionamento positivo para com as pessoas que se encontram nesta situação”.        

A outra atividade tem por título “A sonhar o futuro” e consiste numa exposição itinerante de fotografia realizada por pessoas em situação de sem-abrigo que se encontram no CATE – Centro de Alojamento Centro de Acolhimento Temporário de Emergência. A inauguração desta exposição, no dia 17, teve lugar no Cais Herculano, onde estiveram presentes os 14 parceiros do NPISA, bem como os criadores das fotografias. Foi um dia festivo, com a atuação de dois intérpretes de violino, do Conservatório de Música de Albufeira, e um beberete, organizado pela equipa de técnicos e utentes do CATE. Refira-se que este trabalhou com os utentes foi desenvolvido ao longo de várias semanas, sob a temática das emoções e a ideia de futuro, com saídas para o exterior com máquinas fotográficas na mão. Cada utente tirou fotografias de forma a expressar o seu presente e a pensar a ideia de futuro.

Aquando da inauguração, o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, realçou o trabalho realizado pelo NPISA no concelho e a importância de se trabalhar o papel dos utentes na sociedade, na medida em que “a forma de como partilham as suas emoções através da imagem e legendas trazem-nos outros olhares sobre a realidade que nos circunda”.

Depois do Cais Herculano, a exposição “A sonhar o futuro” vai estar patente nas freguesias do concelho, nomeadamente de 3 a 11 de novembro na Guia (Mercado Municipal), de 14 a 21 de novembro em Paderne (sede da Junta de Freguesia, sala do 1.º andar), de 23 a 30 de novembro, em Ferreiras (Mercado Municipal) e em Olhos de Água, de 5 a 12 de dezembro (Sala de Exposições – Apoio de Praia).