Dirigentes autárquicos de Olhão assinalam Dia Mundial do Dador de Sangue com dádiva

No sentido de sensibilizar a população olhanense para a importância da doação de sangue, o presidente da autarquia, António Miguel Pina, o vereador Ricardo Veia Calé, o comandante dos Bombeiros Municipais, Luís Gomes, e a comandante da Polícia Municipal, Isabel Lobo, deslocaram-se ao Serviço de Imunohemoterapia do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, em Faro, onde tiveram oportunidade de conhecer os principais desafios do serviço e, ao mesmo tempo, fazerem a sua parte, apresentando-se como dadores.

Os dirigentes autárquicos foram recebidos pelo diretor do Serviço, José Delgado Márquez, que agradeceu o gesto de solidariedade e de sensibilização do cerca de 45 mil olhanenses.

Todos quiseram, desta forma, alertar consciências para a necessidade deste bem precioso e agradecer a todos os dadores as suas dádivas voluntárias e benévolas.

Para dar sangue deve:

– Ter idade superior a 18 anos;

– Ter peso igual ou superior a 50 kg;

– Ser, de uma maneira geral, saudável;

– Ter hábitos de vida saudáveis;

– Querer, livremente, efetuar a sua dádiva.

Para mais informações, ou para marcar a sua dádiva, contacte o Serviço de Sangue do Hospital de Faro (289891275).