Unidade de Vale Maria Dias recebe reunião da comissão regional de gestão integrada de fogos rurais

A recém-inaugurada Unidade Avançada de Proteção Civil de Vale Maria Dias, no concelho de Loulé, está a consolidar-se como o principal ponto de encontro para debate de ideias em torno da defesa da floresta no Algarve dada a sua localização estratégica. Na passada terça-feira, 14 de junho, o espaço recebeu uma sessão de trabalho conjunto do grupo técnico da Comissão Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais.

A iniciativa teve como objetivo a discussão das fichas de projeto que fazem parte integrante do Programa Regional de Ação de Gestão Integrada de Fogos Rurais, instrumento estratégico que assenta na valorização e manutenção dos espaços rurais, modificação de comportamentos ao nível do reforço dos mecanismos de vigilância e aposta na “educação para o fogo” e ainda a gestão eficiente do risco.

Em representação do Município de Loulé estiveram as técnicas do Gabinete Florestal, serviço que tem feito o acompanhamento direto destas atividades que versam sobre a problemática dos incêndios, em particular nos territórios do interior do concelho.

Refira-se que a Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais tem como propósito assegurar a implementação e funcionamento do sistema, para proteger pessoas e património natural e construído, face a incêndios rurais graves. Assim, a sua missão passa por acelerar a transição para a gestão integrada de fogos rurais, envolvendo as instituições e a sociedade, através da coordenação e avaliação estratégica e procurando a sustentabilidade do sistema.