1º Focus Group do projeto Host Lab sobre inovação na Dieta Mediterrânica realizou-se na UAlg

Com o objetivo de promover o desenvolvimento, a avaliação e a testagem de novos produtos, serviços e experiências para a hotelaria, restauração e turismo, no âmbito da Dieta Mediterrânica, realizaram-se, no dia 4 e 6 de junho, na Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo (ESGHT) da Universidade do Algarve, em Faro, os primeiros grupos de discussão, inseridos no projeto Host Lab – Hospitality, Sustainability and Tourism Experiences Innovation Lab.

Estes grupos de discussão pretendem ser um espaço de partilha e aprendizagem entre a academia, o turismo e o setor hoteleiro, onde se testam propostas, transferem resultados para a comunidade, promove-se o bem-estar da população local e dos visitantes, aspirando a um destino cada vez mais sustentável. A troca de experiências e visões que serão estabelecidas nesta atividade, adicionarão valor ao projeto.

A execução deste projeto é fundamental para o desenvolvimento, avaliação e testagem de novos produtos, serviços e experiências, para a hotelaria, a restauração e o turismo, associados aos elementos base integrados na Dieta Mediterrânica, contribuindo para a qualificação e diversificação da região como destino turístico sustentável. Esta fase tem como objetivo conhecer as perspetivas de cada participante e recolher contributos relativamente às práticas que têm sido desenvolvidas na área da restauração. 

A metodologia utilizada é a técnica focus group, que realiza uma recolha de dados qualitativa, através da interação dinâmica entre um moderador e um grupo de participantes previamente selecionados, abordando um tema específico. Tornou-se uma ferramenta popular para pesquisa social e de mercado, abrangendo variados setores. Esta técnica dispõe de um facilitador que instiga ativamente uma discussão estruturada de um tema específico, para o qual os participantes contribuem com o seu conhecimento, para gerar novas perspetivas sobre o tema em análise.  

No decurso do projeto foram convidados profissionais da área da hotelaria, para a realização de um primeiro focus group na temática da inovação na Dieta Mediterrânica, que teve como temas principais “Inovação” e “Ingredientes”. Na inovação foram abordadas as seguintes questões: “que atividades/produtos reconhecem como inovadores neste campo; quais as dificuldades que enfrentam para a aplicação; quais as oportunidades que identificam para o seu desenvolvimento?” Na temática dos “Ingredientes” abordaram-se questões como: “que ingredientes incorporam atualmente, quais as dificuldades que enfrentam para o desenvolvimento de ingredientes inovadores e/ou as vantagens?”

Este projeto tem como responsável Alexandra Rodrigues Gonçalves, investigadora integrada do Centro de Investigação em Turismo, Sustentabilidade e Bem-Estar, e é financiado pelo Programa Operacional para o Algarve 2020. O Projeto integra também o Instituto Superior de Engenharia (ISE) da Universidade do Algarve, através de um grupo de investigadoras da licenciatura em Engenharia Alimentar, que se encontra a desenvolver um conjunto de novos produtos que irão ser testados junto dos parceiros da Rota do Petisco.