Conferência “Contributos para o nosso Orçamento Participativo” em Monchique

A introdução da opinião da sociedade e dos seus componentes no quotidiano de uma gestão, quer seja ela política, institucional, empresarial ou social, permite que os decisores entendam a importância e a participação da cidadania como uma ferramenta ativa, democrática e verdadeiramente impulsionadora do progresso.

O orçamento participativo é uma ferramenta que permite olear esse mecanismo e capacitar os cidadãos de influenciar grandes decisões, através de processos de participação comunitária.

O Município de Monchique reconhece a importância desse mecanismo e, neste sentido, organiza no próximo dia 27 de maio, pelas 21h30, a Conferência “Contributos para o nosso Orçamento Participativo”, que terá lugar no Edifício-sede da Junta de Freguesia de Monchique – Sala Manuel Martins.

Esta conferência tem como principais objetivos possibilitar o dinamismo, incentivar à participação e gerar ideias para projetos relevantes no concelho, elevando a importância fundamental na estratégia de desenvolvimento de Monchique, promovendo o envolvimento de todos os agentes da sociedade nas dinâmicas de gestão autárquica e definir prioridades na implementação e execução de projetos.

O executivo municipal pretende criar um procedimento vivo, participativo e reconhece desta forma a comunidade como um agente fulcral no desenvolvimento do concelho, numa relação bilateral num processo que se pretende conjunto.

Conferência “Contributos para o nosso Orçamento Participativo”

Moderador:

– Dra. Helena Martiniano (Vereadora da CM Monchique)

Conferencistas:

– Dr. Tiago Filipe Mestre Mamede (Município de Castro Verde)

32 anos

Licenciatura em Relações Internacionais – Universidade de Évora

Desde 2018 – Técnico Superior, Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Económico – Município de Castro Verde

Desde 2021 – Secretário do Gabinete de Apoio ao Presidente – Município de Castro Verde

Coordenador do Orçamento Participativo de Castro Verde

– Dra. Marlene Guerreiro (Município de São Brás de Alportel)

42 anos, São Brás de Alportel

Licenciada em Ciência Política e Relações Internacionais

Funcionária Pública

Vereadora da Câmara Municipal desde 2005 e Vice-Presidente desde 2014

Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (2011 a 2021)

Membro da Direção do G. D. C. Machados de 1992 a 2011

– Dr. Christian Briceag (MyPolis)

25 anos. Formado em direito e especializado em fiscalidade empresarial. Trabalho na MyPolis há cerca de dois anos e meio, atualmente ocupo o cargo de Diretor de Operações. Entra sobre a minha alçada a execução e supervisão de operações como: contabilidade, fiscalidade, RH e a gestão diária da associação. Coordeno também a implementação de projectos como o “MyPolis – Cidadania 4.0 em Portimão” e o Orçamento Participativo Jovem de Massamá e Monte Abraão, sendo que o último ocupou o quarto lugar do Prémio de Boas Práticas de Participação, promovido pela Rede de Autarquias Participativas, tendo sido analisadas por um júri constituído por três entidades, nomeadamente, a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género – CIG, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Observatório Internacional de Democracia Participativa.