Maria João Bebianno distinguida com “Medalha de Mérito Científico, Ciência 2022”

Maria João Bebianno, professora catedrática jubilada da Universidade do Algarve e coordenadora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA), foi distinguida, dia 16 de maio, com a Medalha de Mérito Científico, na sessão de abertura do Encontro Ciência 2022, que decorreu no Centro de Congressos de Lisboa.

O galardão foi entregue pela ministra da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, no dia em que se comemorou os 25 anos da Fundação da Ciência e da Tenologia, o Dia Nacional dos Cientistas e o aniversário do Professor Mariano Gago.

As medalhas de mérito científico destinam-se a galardoar as individualidades nacionais ou estrangeiras que, pelas elevadas qualidades profissionais e de cumprimento do dever, se tenham distinguido por valioso e excecional contributo para o desenvolvimento da ciência ou da cultura científica em Portugal.

A investigadora da UAlg, detentora de um vasto currículo, foi destacada pela importância da sua investigação. Maria João Bebianno é licenciada em Engenharia pelo Instituto Superior Técnico e doutorada em Ecotoxicologia Marinha pela Universidade de Reading (Reino Unido) e em Oceanografia pela Universidade do Algarve. É membro do Grupo de Peritos do Processo Regular para a Avaliação do Estado do Ambiente Marinho, incluindo Aspetos Socioeconómicos das Nações Unidas. Foi presidente da Associação das Mulheres Cientistas AMONET (2008-2011).

Ciência 2022 é o encontro anual da comunidade científica e tecnológica em Portugal, que este decorrer de 16 a 18 de maio. Construir o futuro com ciência é o mote deste ano, comissariado por Teresa Pinto Correia (Laboratório Associado Change e Universidade de Évora) e Teresa Ferreira (Laboratório Associado TERRA e Instituto Superior de Agronomia). O Egito é o país convidado.

Créditos Fotografia: Ciência`22