GNR certifica módulos do mecanismo de proteção civil da União Europeia

A Guarda Nacional Republicana, através da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS), concluiu com sucesso o processo de certificação do Módulo de Matérias Perigosas (MP) – Chemical, Biological, Radiological and Nuclear – (CBRN), no âmbito do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia (MPCUE).

Este mecanismo, criado em 2001, tem como objetivo capacitar os Estados Membros com uma reserva que garanta capacidade de resposta europeia, ao nível da proteção civil.

O Módulo MP-CBRN, certificado pela European Civil Protection and Humanitarian Aid Operations (ECHO), é atualmente o terceiro módulo certificado, tendo a Guarda já certificado outros dois módulos, nomeadamente o módulo Ground Forest Fire Fighting (GFFF) e Ground Forest Fire Fighting with Vehicules (GFFF-V), referentes à capacidade ambiental e destinando-se ao combate a incêndios terrestres apeados (GFFF) e com apoio de veículos (GFFF-V).

Os 27 militares da Unidade de Emergência Proteção e Socorro passam a estar certificados para desempenhar um conjunto de tarefas e atribuições operacionais validados pela chancela da União Europeia (UE), numa ocorrência de pequena, média e grande escala, permitindo-lhes a realização/confirmação da avaliação inicial de uma área contaminada, fazer uma descrição dos perigos ou riscos, determinação da área contaminada, avaliação ou confirmação das medidas de proteção já adotadas e sua validação técnica, execução de amostragens qualificadas, marcação de uma área contaminada, e efetuar a previsão, monitorização e avaliação atual e dinâmica dos riscos, incluindo recomendações para avisos e outras medidas, apoio para a redução imediata dos riscos.

O módulo CBRN está preparado para ser destacado para qualquer local da Europa em prontidão de 12 horas e em regime de autossuficiência durante sete dias.