Música domina a programação de março na Casa Manuel Teixeira Gomes

Com a chegada do mês de março, a programação cultural regular regressa em força à Casa Manuel Teixeira Gomes, através de um conjunto de propostas que inclui música, fotografia e poesia.

A programação arranca com a mostra “20×22 – Exposição de fotografias musicadas”, que reúne imagens da intérprete de flauta transversal Maria João Cerol, patente entre os dias 5 e 27 de março.

No âmbito da 24ª edição do Março Jovem, a Casa Manuel Teixeira Gomes acolhe entre os dias 8 e 31 duas expressivas mostras fotográficas, organizadas pela Direção Regional do Algarve do Instituto Português do Desporto e Juventude.

A primeira intitula-se “Raio-X” e reúne trabalhos de Tomás Silva, que pretende transmitir o seu ponto de vista em relação à sociedade atual, na qual as pessoas são etiquetadas por rótulos, muitas vezes incorretos.

Quanto à exposição “Auction”, de João Melo (Glantosz), revela uma crítica ao pensamento individualista e ignorante que, na perspetiva do fotógrafo, existe na sociedade portuguesa e em que não é possível compreender o “outro” até estar no seu lugar.

O jazz vai dominar as atenções com dois workshops, o primeiro dos quais, marcado para 9 de março às 17h00, será sobre piano, enquanto no dia seguinte, à mesma hora, o instrumento abordado vai ser o contrabaixo/baixo, em ambos os casos sob orientação de professores do Curso Profissional de Instrumentista de Jazz da Escola Básica e Secundária da Bemposta e músicos convidados. 

Num registo totalmente diferente, está agendada para as 17h00 de 12 de março a conferência “A transição digital para a justiça social”, organizada pela Juventude Socialista de Portimão, cujas inscrições devem ser feitas em jsocialistaportimao@gmail.com

No dia 21 de março, a partir das 18h00, alunos do Ensino Artístico Especializado de Música, Curso Profissional de Instrumentista de Cordas e Teclas da EB da Bemposta protagonizarão um momento que conciliará a poesia e a guitarra clássica, intitulado “A música e as palavras, o som e o silêncio”, sob orientação dos professores Maria Alberta Dias e Gonçalo Duarte.

Para 23 de março, pelas 17h00, a proposta será a iniciativa “Mãos em movimento”, a cargo de alunos do Ensino Artístico Especializado de Música e Curso Profissional de Instrumentista de Cordas e Teclas da EB da Bemposta, dirigidos pela professora Ana Nunes.

Dois dias depois, às 19h00 de 25 de março, “Manuel Teixeira Gomes e a Música: contemporâneos e obras de referência” é o mote para uma palestra on-line e presencial com o professor Válter Fralda, cujo link para acompanhamento será oportunamente divulgado na página do Facebook e no website do Agrupamento de Escolas da Bemposta.

Para além destas relevantes sugestões artísticas, as quintas-feiras de 17 e 24 de março também serão dias de música na Casa Manuel Teixeira Gomes, sempre a partir das 18h00, na forma de recitais interpretados por alunos do Agrupamento de Escolas da Bemposta, ao passo que no dia 26, igualmente às 18h00, terá lugar um recital comentado de piano com João Rosa e António Alves.