M20 EHF Euro 2022: Portugal vai disputar o Grupo A da competição que organiza

Sorteio realizado esta sexta-feira na Casa Branca de Gramido, em Gondomar, ditou que a Seleção Nacional sub-20 vai ter como adversários Espanha, Noruega e Polónia.

Portugal ficou a conhecer esta sexta-feira o destino no Campeonato da Europa sub-20 Masculino, prova que irá realizar-se em solo nacional. O sorteio teve lugar na Casa Branca de Gramido, em Gondomar, pelas 11h00, e ditou que Portugal vai iniciar a caminhada nesta competição que organiza diante da Espanha, Noruega e Polónia, no Grupo A. Desta forma, a equipa lusa irá defrontar a seleção que venceu a medalha de bronze no último Europeu sub-19 Espanha, evitando assim a Croácia (medalha de prata na respetiva competição) e a Alemanha, campeã europeia em título da geração, na Fase de Grupos.

A homónima espanhola ocupa a terceira posição do pódio de Seleções Sub-20 mais tituladas, com dois ouros, uma prata e duas medalhas de bronze, atrás de Alemanha e Dinamarca. Num total de 13 países medalhados em Campeonatos da Europa Sub-20, Portugal ocupa o nono lugar com uma prata conquistada na edição de 2010 – mesmo registo que Bielorrússia e Croácia. 

Confira os quatro Grupos do M20 EHF Euro 2022:
Grupo A: Espanha, Portugal, Noruega e Polónia
Grupo B: Eslovénia, Dinamarca, Hungria e Ilhas Faroé
Grupo C: Croácia, Suécia, França e Montenegro
Grupo D: Alemanha, Islândia, Itália e Sérvia

O Selecionador Nacional, Carlos Martingo, uma das presenças no sorteio em representação da Seleção Nacional sub-20, teve oportunidade de escolher o grupo a disputar, após o sorteio dos Potes 1, 3 e 4, pelo facto de Portugal ser o país organizador do torneio. De igual forma, salienta-se a presença e contribuição no sorteio dos atletas desta geração André Sousa e Martim Costa e ainda de Carlos Resende, como jogador mais internacional por Portugal, Rui Silva e Fábio Magalhães como representantes dos Heróis Do Mar.

Carlos Martingo explicou que escolheu o Grupo A para evitar defrontar a Alemanha, reconhecendo ainda que há qualidade em todos eles: “Escolhemos o Grupo A também a pensar um bocadinho mais à frente no Main Round. É evidente que qualquer escolha que nós fizéssemos seria sempre um grupo difícil., também temos algum conhecimento das equipas que participaram já nos Europeus anteriores e optámos por escolher este grupo. Poderia ter sido melhor, mas o sorteio é o que é e nós sabemos que para concretizarmos os nossos objetivos, temos que jogar com as melhores equipas do mundo, este Europeu será de uma dificuldade elevadíssima e, portanto, qualquer que fosse a nossa escolha seria sempre uma escolha difícil.”

Em termos de projeção daquilo que será o desempenho de Portugal e os objetivos estipulados, o líder da equipa lusa recusa falar em medalhas: “É evidente que todos nós pensamos em fazer um bom resultado mas não quero estar a falar em medalhas, queremos sim fazer um bom trajeto. Sabemos que temos bons jogadores e uma boaa equipa mas também sabemos que estamos a jogar contra os melhores jogadores do mundo desta geração, contra as melhores seleções do mundo e, nesse nível, às vezes ganham uns, outras vezes ganham outros, mas acreditamos que podemos fazer um bom resultado em nossa casa.”

André Sousa, central e capitão da Seleção Nacional sub-20, diz que o mais é importante é olhar para o próprio trabalho e crescer nesta competição: “Neste tipo de competições o sorteio vale sempre o que vale, todas as equipas têm qualidade para estar cá. Nós conseguimos ver isso no último Europeu, havia equipas com mais qualidade, claro, mas acabam todas por ter o seu nível. Agora é olhar para o sorteio e preparar os jogos, ver jogos destas equipas em competições anteriores e dar o nosso melhor, olhar mais para nós – que é o mais importante – e conseguirmos crescer enquanto equipa para nos superiorizarmos em relação às outras.”

O atleta que representa as cores do Águas Santas Milaneza abre mais o jogo e acredita na qualidade da equipa: “Nós queremos ganhar todos os jogos, achamos que temos uma boa geração, no ano passado conseguimos um bom resultado. Podíamos ter conseguido mais mas as coisas são mesmo assim. Nós vamos olhar para todos os jogos com vontade de ganhar, é isso que queremos e o melhor resultado que conseguirmos é aquele pelo qual vamos lutar e, se possível, uma medalha era espetacular.”

Este sorteio contou ainda com ilustres convidados, entre os quais, os maiores representantes das federações envolvidas: Miguel Laranjeiro, Presidente da Federação de Andebol de Portugal e Michael Wiederer, Presidente da Federação Europeia de Andebol (EHF). De honrar, igualmente, as presenças de Marco Martins (Presidente da CM Gondomar), Mário Duarte (Chefe de Divisão de Desporto da CM Vila Nova de Gaia) e Vasco Pinho (Vereador do Desporto da CM Matosinhos).

O Campeonato da Europa de Sub-20 terá lugar de 7 a 17 de julho, nas cidades de Gondomar, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. Portugal já foi organizador de algumas competições internacionais, nomeadamente, o Campeonato da Europa em 1994 e o Campeonato do Mundo em 2003 – ambos a nível sénior. Em escalões de formação, o solo luso já recebeu o Campeonato da Europa de Sub-19 em 1999 e, mais recentemente, em 2016, foi a vez do Europeu de Andebol de Praia ter lugar em Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.