Executivo liderado por António Miguel Pina assinala 120 dias de mandato

Para assinalar os 120 dias do atual mandato autárquico, o presidente do Município de Olhão, António Miguel Pina, acompanhado pelo restante Executivo, visitou recentemente algumas das principais obras em curso no concelho, que ascendem a mais de 6,5 milhões de euros. 

A comitiva inteirou-se do decorrer dos trabalhos em obras tão significativas para o concelho olhanense como a requalificação da Av. 16 de Junho (€1.844.738,90), a construção do Centro de Recolha Oficial de Animais de Olhão (€1.111.618,00), a requalificação da Escola EB1+JI Nº4 (€1.468.359,95) ou a requalificação da Estrada de Quelfes (€1.329.453,48).

Durante a visita às beneficiações atualmente em curso, que inclui também diversas pavimentações nas ruas das freguesias de Pechão e Olhão, num investimento de mais de 600 mil euros, ou a requalificação do Largo D. Benedita Oliveira, na Fuseta (mais de 238 mil euros), António Miguel Pina fez questão de frisar que “ao contrário do que se costuma dizer, nós não andámos a fazer repavimentações à pressa para ganhar eleições, mas é verdade que no dia a seguir os arranjos de muitas ruas estavam a começar, o que demonstra que há planeamento e que não andamos a fazer obras a pensar nas eleições”.

“Estes quatro anos vão pautar-se por muito investimento e obras desde o primeiro dia. Estamos muito focados, cheios de energia. Este vai ser o nosso melhor mandato!”, garante António Miguel Pina, para quem a continuação da Frente Ribeirinha de Olhão, na Av. 16 de Junho, possibilitará recuperar uma zona degradada, sem deixar de oferecer lugares de estacionamento, “que até serão em maior número do que os anteriormente existentes, permitindo ter mais uma zona de fruição, próxima do mar. A obra deverá estar concluída até ao final deste ano”, revela o autarca de Olhão.

António Miguel Pina destaca igualmente a grande aposta que tem sido feita na Educação ao longo dos seus mandatos, e a requalificação da EB1+JI Nº4 é mais um exemplo: “Queremos continuar com este foco e esta remodelação permite a existência de mais um edifício, que acolherá refeitório, biblioteca e salas polivalentes. Até ao final deste mandato queremos terminar a requalificação de todas as escolas básicas do concelho. Em breve, vamos abrir o concurso para a EB1 Nº1 e depois para a Escola da Cavalinha, ficando a faltar apenas as escolas de Quelfes e Pechão, cujas obras deverão ir para concurso no próximo ano”, revela.

Também já está a nascer o Centro de Recolha Oficial de Animais de Olhão, uma obra de mais de 1,1 milhões de euros e que terá “um acréscimo de 300% na capacidade de acolhimento de cães (passando de 50 para 150) e, pela primeira vez, também poderemos acolher felinos (cerca de 60)”, destaca António Miguel Pina.

“Vamos transformar a Estrada de Quelfes numa avenida”. Assim define o presidente do Município de Olhão o resultado das atuais obras de melhoramento daquela artéria, para acrescentar: “É uma via estruturante, que ao longo dos últimos 20 anos cresceu bastante e se antes servia apenas de ligação entre o interior do concelho e o centro da cidade, posteriormente transformou-se numa zona habitacional. Vamos dar-lhe a dignidade que merece, com bons passeios, iluminação e espaços verdes, dotando-a também de novas redes de pluviais, água e saneamento, permitindo a todos os que percorrem aquela estrada diariamente fazê-lo em segurança”.

Na data em que se assinalaram os 120 dias do mandato, houve ainda possibilidade de visitar a antiga litografia de Olhão, o local que vai acolher a segunda fase da construção de habitação a custos controlados. O espaço foi adquirido pela empresa municipal Fesnima por mais de 3 milhões de euros, que será também a responsável por desenvolver o projeto. Aqui serão construídos 288 fogos e 30 espaços comerciais, que serão destinados a venda e arrendamento.