Igreja matriz de Alcantarilha recebe a orquestra clássica do sul 

Silves recebe no próximo dia 26 de fevereiro, na Igreja Matriz de Alcantarilha, pelas 19h00, o Ciclo de Música de Câmara “Surpresas e Travessuras”, pela Orquestra Clássica do Sul (OCS). A entrada é livre mas sujeita à limitação da sala, tendo em conta as orientações da DGS. 

No concerto são apresentadas obras de R. Strauss, L. Spohr e P. D. Q. Bach.

Entre personagens malandras e atrevidas, passando pela divertida recriação de compositores célebres, é um concerto que nos remete para a folia e a fantasia das máscaras carnavalescas com notas de irreverência, provocação e humor.

O Agrupamento de Música de Câmara da Orquestra Clássica do Sul é constituído por Luís Miguel Garcia (flauta), David Fresquet (oboé), Rui Travasso (clarinete), Joaquim Moita (fagote), Todd Sheldrick (trompa), Emil Chitakov (violino), Ângela Silva (viola), Mikhail Shumov (violoncelo) e Luzia Vieira (contrabaixo). 

O telefone 282 440 800 e o endereço de correio eletrónico cultura@cm-silves.pt são os contactos disponíveis para o fornecimento de informação adicional.

Classificação etária: M/6

PROGRAMA

R. STRAUSS (1864 – 1949)

Till Eulenspiegel, Einmal Anders! (arr. Franz Hasenohrl)               

Agrupamento de música de câmara

Clarinete, fagote, trompa, violino, contrabaixo

L. SPOHR (1784 – 1859)

Noneto em Fá maior, Op. 31 

I. Allegro

II. Scherzo (allegro)

III. Adagio

IV. Finale (vivace)

Agrupamento de música de câmara 

Flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, violino, viola, violoncelo, contrabaixo

P.D.Q. BACH (1742 – 1807)

Schleptet em Mi bemol maior, (S. 0) 

I. Molto Larghissimo – Allegro Boffo

II. Menuetto con brio ma senza trio

III. Adagio Saccarino

IV. Yehudi Menuetto

V. Presto Hey Nonny Nonnio

Agrupamento de música de câmara 

Flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, violino, viola, violoncelo, contrabaixo