Navio-escola Sagres da Marinha celebra 60 anos com a Bandeira Portuguesa

Foi no dia 8 de fevereiro de 1962 que o NRP Sagres içou, pela primeira vez, a Bandeira Portuguesa. Faz, amanhã, terça-feira, sessenta anos. O momento teve lugar, à época, no Rio de Janeiro, na sequência do processo de aquisição ao Brasil.

São 60 anos a cumprir a missão de Escola de Mar dos futuros oficiais da Marinha e a contribuir para a Política Externa Portuguesa, de onde se destaca “o mundo de expressão portuguesa”; “o acompanhamento e a valorização das comunidades portuguesas” e a “internacionalização da economia”. Atualmente, o navio tem uma guarnição composta por 103 militares e é comandado pelo capitão-de-fragata Mário Fonte Domingues. Conheça mais sobre estes 60 anos do Navio-escola Sagres ao serviço de Portugal A primeira viagem efetuada com Bandeira Portuguesa realizou-se entre o Rio de Janeiro e Lisboa, de 25 abril a 23 junho de 1962, com escalas em Recife (Brasil), Mindelo (Cabo Verde) e Funchal. O navio emblemático da Marinha regista um tempo total de 7.273 dias de missões efetuadas, equivalente a 19,9 anos consecutivos em missão. A Sagres navegou, até ao momento, ao serviço de Portugal, 108.026 horas, que significaria o equivalente a 12,3 anos ininterruptamente a navegar. O navio-escola da Marinha tem um total de 664.722 milhas navegadas, o que corresponde a 25,7 voltas ao Mundo.

Num total de 564 visitas a portos e fundeadouros estrangeiros, dos quais 266 pelo menos uma vez, os mais  visitados pelo NRP Sagres são: Mindelo (Cabo Verde)                 32 vezes Rio de Janeiro (Brasil)                 14 vezesSta. Cruz de Tenerife (Espanha)   11 vezesNew York e Boston (EUA)            10 vezes A tirada (viagem entre dois portos) que regista maior duração de dias registou-se em 1982: 31 dias e 03 horas (27 de junho a 28 de julho), durante a regata Newport (EUA) – Lisboa. Mais recentemente, em 2020, o navio inscreveu na sua história, ao serviço de Portugal, a tirada mais longa: 4.534 milhas (aproximadamente 7.297 Kms), efetuada em 28 dias e 3 horas (25 MAR / 22 ABR 2020), entre a Cidade do Cabo (África do Sul) e Mindelo (Cabo Verde). O navio-escola Sagres já cruzou o equador 35 vezes, 18 no sentido Sul – Norte e 17 no sentido Norte – Sul.