Turismo de Portugal lança Programa Empresas Turismo 360

O Turismo de Portugal acaba de lançar o Programa Empresas Turismo 360, uma medida inscrita no Plano “Reativar o Turismo. Construir o Futuro” que pretende colocar as empresas no centro do processo de transformação sustentável do setor. A adesão ao projeto foi hoje formalizada por 19 parceiros, entre os quais, a Confederação do Turismo de Portugal, a Associação Portuguesa de Ética Empresarial, a Banca e a Ordem dos Contabilistas Certificados, numa sessão presidida pelo Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e que contou com a participação da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

O objetivo é acelerar o processo de incorporação dos indicadores ESG (Environmental, Social and Corporate Governance) nas respetivas organizações, desafiando as empresas a, ativamente, reequacionarem as suas práticas ambientais, sociais e de governança. O Programa Empresas Turismo 360 aposta no desenvolvimento de ações que incluem a capacitação das empresas do turismo para a incorporação dos indicadores ESG nos respetivos processos de gestão, a disponibilização de instrumentos de monitorização, de modelos de relatórios de sustentabilidade e a promoção do reconhecimento público das organizações.

Para tal, num primeiro momento, os parceiros do Programa Empresas Turismo 360 darão o seu contributo na definição dos indicadores que deverão ser adotados pelas empresas do turismo e que permitirão medir o compromisso de cada uma com as dimensões ESG.

A partir de janeiro de 2022, e uma vez definidos estes indicadores, o Turismo de Portugal compromete-se a capacitar o setor no que à sustentabilidade diz respeito, através de ações de formação periódicas que irão manter-se ao longo de todo o Programa. Prevê-se que, durante o próximo ano, cerca de 2.000 empresas frequentem estas ações de capacitação. 

Para 2022 está também previsto o lançamento de uma plataforma Empresas Turismo 360, para permitir que as empresas consigam monitorizar diretamente o seu compromisso com os indicadores ESG definidos e, assim, obter o seu Relatório de Sustentabilidade. 

Está ainda prevista a criação da distinção Empresa Turismo 360, um selo atribuído pelo Turismo de Portugal às empresas que demonstrem o seu compromisso com a sustentabilidade, em todas as suas vertentes, verificado por um Relatório de Sustentabilidade. 

Para o Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, “para a implementação e dinamização do Programa Empresas Turismo 360, é fundamental uma articulação em rede que permita o desenvolvimento de ações colaborativas ao longo das cadeias de valor que propiciem uma visão coletiva de transformação do setor e o seu posicionamento num patamar superior de desenvolvimento mais sustentável, responsável e capaz de gerar mais valor acrescentado. Este é, assim, mais um passo na construção do turismo do futuro”.

As tendências internacionais consubstanciam desafios à escala global relacionados com a sustentabilidade e com a responsabilidade social da atividade turística, para os quais importa alavancar iniciativas e dinâmicas que possam assegurar a divulgação de boas práticas, a recuperação responsável do setor e o reforço da sua resiliência e capacidade competitiva. 

A própria visão subjacente à Estratégia Turismo 2027 (ET27) consiste na afirmação do turismo como hub para o desenvolvimento de todo o território, de modo a posicionar Portugal como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo, um compromisso assumido com metas específicas de sustentabilidade, que impõem uma atuação nas suas dimensões económica, social e ambiental.

Enquanto autoridade turística nacional e responsável pela implementação da ET27 e do Plano “Reativar o Turismo. Construir o Futuro”, o Turismo de Portugal reforça os objetivos de sustentabilidade através do Plano Turismo + Sustentável 20-23 e, agora, com o Programa Empresas Turismo 360, que destaca a importância de evoluir na visão da responsabilidade das empresas turísticas enquanto agentes de criação de valor para trabalhadores, fornecedores, clientes, comunidade, território e ambiente.

A missão é mobilizar os agentes do setor para a promoção da sustentabilidade nos próximos anos com o objetivo de contribuir, não só, para o alcance das metas da ET27, mas também, reforçar o papel do turismo nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas, promover a transição energética e a agenda para a economia circular das empresas turísticas, e envolver os stakeholders num compromisso conjunto de estruturação de uma oferta cada vez mais sustentável.

Parceiros do Programa Empresas Turismo 360:

Confederação do Turismo de Portugal
APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial
Global Compact Network Portugal
Euronext
Banco Português de Fomento
Millennium BCP
Novo Banco
Banco Português de Gestão
BPI
Santander
Crédito Agrícola
Montepio Geral
Caixa Geral de Depósitos
Abanca
Bankinter
EuroBic
GoParity
Ordem dos Contabilistas Certificados
Turismo de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *