Paços do Concelho de Olhão iluminados de vermelho alertam para doença neuromuscular rara

No âmbito do Dia Mundial para a Consciencialização da Distrofia Muscular de Duchenne (DMD), que se assinala hoje, 7 de setembro, o Município de Olhão ilumina o edifício dos Paços do Concelho com a cor vermelha, com o objetivo de alertar para esta doença rara, mas que não deve ser desconhecida nem ignorada.

Olhão junta-se, assim, à Associação Portuguesa de Neuromusculares (APN) e ao movimento global de iluminação de um monumento nacional com o objetivo de consciencializar para a DMD, uma doença neuromuscular rara que afeta principalmente os bebés do sexo masculino. A iniciativa integra a campanha “Juntos, podemos mudar a vida das nossas crianças”.

O emblemático edifício dos Paços do Concelho de Olhão estará, assim, esta noite, iluminado com uma luz intensa de cor vermelha que, segundo a World Duchenne Organization, simbolizará este dia mundial e permitirá cumprir o objetivo de unir as organizações nacionais e internacionais de doentes, a nível mundial, mostrando a solidariedade à comunidade de Duchenne. Olhão estará, desta forma, ao lado de outros monumentos internacionais de relevo que já aderiram ao movimento, tais como o Coliseu (Itália), a Sagrada Família (Espanha), as Cataratas do Niágara (Canadá), a ponte Yavuz Sultan Selim (Turquia) ou a Torre Petrin (República Checa).