Dia de Aniversário do CHUA com homenagens aos profissionais

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, esteve hoje dia 23 de agosto no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) para presidir às cerimónias que assinalaram o quarto aniversário desta instituição, com chancela universitária.

Na cerimónia de abertura, António Lacerda Sales, aproveitou para agradecer todo o trabalho e empenho dos profissionais de saúde do CHUA. “O Centro Hospitalar Universitário do Algarve é uma das unidades de referência do Serviço Nacional de Saúde que se destaca pelas suas capacidades técnicas e humanas, pela sua capacidade de adaptação e reorganização, pela qualidade dos serviços e que se destaca também pela atenção devida que dá aos 16 concelhos que serve. Esta instituição deu e continua a dar uma resposta notável à pandemia Covid-19 que não se confinou às necessidades locais”, enfatizou o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

Em dia de aniversário o Secretário de Estado quis deixar uma “prenda” indicando que o CHUA vai apresentar reprogramação da candidatura a fundos europeus do Programa Operacional do Algarve, gerido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve. “Com essa reprogramação pretende-se adquirir um equipamento tecnológico de ponta – angiógrafo biplanar – muito necessário a este hospital”, dotando-o de uma resposta de vanguarda, indispensável designadamente para AVC, radiologia de intervenção, neurocirurgia, cirurgia vascular e gastrenterologia, no montante de 1 milhão de euros já em concurso público, prevendo-se executar este investimento até final de 2021, evitando inúmeras transferências de doentes para Lisboa.

Também o Presidente da Câmara Municipal de Faro enalteceu “todo o trabalho e sacrifício ao longo deste último ano e meio”, sublinhando que “todas as homenagens que possamos fazer são certamente merecidas para os sacrifícios que todos os profissionais de saúde passaram”.

A sessão contou ainda com uma intervenção, através de mensagem vídeo, da Presidente do Conselho de Administração do CHUA, Ana Varges Gomes, que destacou as principais medidas que gestão que permitiram, mesmo em fase de pandemia, continuar a investir nos cuidados de saúde e na contratação de mais profissionais de saúde (médicos e enfermeiros), na recuperação de listas cirúrgicas, bem como alguns investimentos em áreas como a Cardiologia de Intervenção, o aumento de camas em Medicina Intensiva, o alargamento da oferta da Hospitalização Domiciliária ao Barlavento Algarvio e a criação de Equipas Comunitárias de Saúde Mental de adultos e crianças.

“Hoje homenageamos todos aqueles que têm feito este caminho de sacrifício e resiliência e todos aqueles que têm sabido esperar e acreditar que a vida dos outros é a nossa principal missão. Esta homenagem simboliza a força e a união de uma instituição que já demonstrou que juntos seremos sempre mais fortes”, enfatizou.

Após a cerimónia protocolar inicial, onde estiveram presentes diversas entidades regionais, foi o momento de homenagem aos profissionais de saúde de CHUA, com a inauguração de uma escultura, que ficará patente no átrio do edifício central da Unidade Hospitalar de Faro.

Da autoria do médico Francisco José, a peça foi efetuada a pedido do Diretor Clínico, Horácio Guerreiro, com o objetivo de homenagear todos os profissionais do CHUA pelo esforço e dedicação que colocam todos os dias no desempenho das suas funções, com especial enfoque durante a pandemia Covid-19. “Foi um desafio que aceitei de seguida e fui estudar, ler e reler, para conseguir resumir numa peça uma história de mais de 3 000 anos de cuidados de saúde e medicina”, explica o autor da obra realizada em massa moldável, madeira e esferovite.

O programa integrou ainda com uma homenagem póstuma à médica Ana Paula Fonseca, com a atribuição do seu nome à UDIM, da qual foi fundadora e onde desempenhou funções de direção nos últimos anos. O momento simbólico foi acompanhado pelos profissionais da referida unidade, colegas e amigos da profissional. Na ocasião, o Diretor Clínico recordou o importante contributo da fundadora desta unidade, destacando as suas qualificações técnicas e humanas, bem como o reconhecimento que os utentes tinham para com a médica.

O programa terminou com uma celebração eucarística de ação de graças pelo aniversário do CHUA e em sufrágio por todos os colaboradores falecidos.

Homenagem aos profissionais aposentados nas Unidade de Portimão e de Faro

Em dia de aniversário, o CHUA quis ainda prestar homenagem aos profissionais que se aposentaram no último ano em todas as unidades que integram a instituição. Com o objetivo de descentralizar as cerimónias, a primeira decorreu logo às 9h30 no auditório da Unidade Hospitalar de Portimão com o reconhecimento e louvor a todos os aposentados no último ano.

A sessão onde estiveram presentes vários profissionais, contou ainda com a presença dos membros do Conselho de Administração do CHUA, da Presidente da Câmara Municipal de Portimão e de representantes das entidades convidadas.

Isilda Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Portimão, aproveitou o momento para agradecer o contributo de todos os profissionais da Unidade Hospitalar de Portimão, sublinhando que “o mais importante nas instituições são as pessoas que lá trabalham e que diariamente dão o seu melhor em prol dos outros”.

Na Unidade Hospitalar de Faro esta cerimónia realizou-se no auditório às 14h30 e contou também com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde.