Arquivo Municipal de Loulé vai passar a disponibilizar, através de um portal de pesquisa, o seu espólio documental

A partir da próxima semana, o Arquivo Municipal de Loulé vai passar a disponibilizar, através de um portal de pesquisa, o seu espólio documental, com destaque para aquelas que são as atas de vereação mais antigas do país.

Numa primeira fase, passam a estar acessíveis para consulta online, através da plataforma eletrónica X-arqWeb, as atas de vereação da Câmara Municipal dos séculos XIV a XVII. Neste primeiro conjunto documental, estão incluídas as atas de vereação do período medieval, classificadas como “Tesouro Nacional”. Pretende-se disponibilizar, seguida e regularmente, informação sobre as restantes atas de vereação e outras séries documentais pertencentes ao fundo da Câmara Municipal de Loulé. É objetivo também divulgar outros fundos arquivísticos (eclesiásticos, da administração local, de associações, de confrarias e irmandades) à guarda do Arquivo Municipal.

A partir deste portal é possível ter acesso à descrição arquivística e a imagens dos documentos históricos, ficando esta ferramenta à disposição não só da comunidade científica e académica, mas também do público em geral. O acesso “à distância de um clique” é possível através da ligação http://arquivo.cm-loule.pt/x-arqweb ou do site da Câmara Municipal de Loulé, no separador do Arquivo Municipal.

O Arquivo Municipal de Loulé passa, assim, a prestar um serviço de maior comodidade para os seus leitores, augurando novos estudos científicos sobre o concelho de Loulé.

Esta é mais uma das iniciativas da Câmara Municipal de Loulé que tem em vista colocar as novas tecnologias da informação ao serviço do seu património cultural e da História local.